TINTIN, MAIS SANS MILOU